O Livro dos Espíritos

Allan Kardec

Voltar ao Menu
640. Aquele que não pratica o mal, mas que se aproveita do mal praticado por outrem, é tão culpado quanto este?

“É como se o tivesse praticado. Aproveitar do mal é participar dele. Talvez não fosse capaz de praticá-lo; mas se, achando-o feito, dele tira partido, é que o aprova; é que o teria praticado, se pudera, ou se ousara.”

TEXTOS RELACIONADOS

Mostrar itens relacionados
Aguarde, carregando...