O Livro dos Espíritos

Allan Kardec

Voltar ao Menu
a) – Como, em tal caso, julgar da pureza das intenções e da sinceridade do escritor?

“Nem sempre há nisso utilidade. Se ele escrever boas coisas, aproveitai-as. Se proceder mal, é uma questão de consciência que lhe diz respeito, exclusivamente. Ademais, se o escritor tem empenho em provar a sua sinceridade, apoie o que disser nos exemplos que dê.”

TEXTOS RELACIONADOS

Mostrar itens relacionados
Aguarde, carregando...