O Livro dos Espíritos

Allan Kardec

Voltar ao Menu
476. Mas não pode acontecer que a fascinação exercida pelo mau Espírito seja de tal ordem que o subjugado não a perceba? Sendo assim, poderá uma terceira pessoa fazer que cesse a sujeição da outra? E, nesse caso, qual deve ser a condição dessa terceira pessoa?

“Sendo ela um homem de bem, a sua vontade poderá ter eficácia, solicitando o concurso dos Espíritos bons, porque quanto mais virtuosa for a pessoa tanto maior poder terá sobre os Espíritos imperfeitos, para afastá-los, e sobre os bons, para os atrair. Todavia, nada poderá, se o que estiver subjugado não lhe prestar o seu concurso. Há pessoas a quem agrada uma dependência que lhes lisonjeia os gostos e os desejos. Qualquer, porém, que seja o caso, aquele que não tiver puro o coração nenhuma influência exercerá. Os Espíritos bons não lhe atendem ao chamado e os maus não o temem.”

TEXTOS RELACIONADOS

Mostrar itens relacionados
Aguarde, carregando...