O Livro dos Espíritos

Allan Kardec

Voltar ao Menu
535. Quando algo de venturoso nos sucede é ao nosso Espírito protetor que devemos agradecê-lo?

“Agradecei primeiramente a Deus, sem cuja permissão nada se faz; depois aos bons Espíritos que foram os agentes da sua vontade.”

a) – Que sucederia se nos esquecêssemos de agradecer?

“O que sucede aos ingratos.”

b) – No entanto, pessoas há que não pedem nem agradecem e às quais tudo sai bem!

“Assim é, de fato, mas importa ver o fim. Pagarão bem caro essa felicidade de que não são merecedores, pois quanto mais houverem recebido, tanto maiores contas terão que prestar.”

TEXTOS RELACIONADOS

Mostrar itens relacionados
Aguarde, carregando...