O Evangelho segundo o Espiritismo

Allan Kardec

Voltar ao Menu
VII. A preocupação constante do filósofo (tal como o compreendiam Sócrates e Platão) é a de tomar o maior cuidado com a alma, menos pelo que respeita a esta vida, que não dura mais que um instante, do que tendo em vista a eternidade. Desde que a alma é imortal, não será prudente viver visando à eternidade?

O Cristianismo e o Espiritismo ensinam a mesma coisa.

TEXTOS RELACIONADOS

Mostrar itens relacionados
Aguarde, carregando...