O Evangelho segundo o Espiritismo

Allan Kardec

Voltar ao Menu
13. É também muito explícita esta passagem de Isaías:“Aqueles do vosso povo a quem a morte foi dada viverão de novo.” Se o profeta houvera querido falar da vida espiritual, se houvera pretendido dizer que aqueles que tinham sido executados não estavam mortos em Espírito, teria dito: ainda vivem, e não: viverão de novo. No sentido espiritual, essas palavras seriam um contra-senso, pois que implicariam uma interrupção na vida da alma. No sentido de regeneração moral, seriam a negação das penas eternas, pois que estabelecem, em princípio, que todos os que estão mortos reviverão.

TEXTOS RELACIONADOS

Mostrar itens relacionados
Aguarde, carregando...