Revista Espírita - Jornal de estudos psicológicos - 1861

Allan Kardec

Voltar ao Menu
(AMIGO DO FILHO DA MÉDIUM, SRA. COSTEL, FALECIDO AOS 14 ANOS

EVOCADO 8 DIAS DEPOIS DE SUA MORTE)

1. (Evocação)

─ Agradeço-vos por me evocardes. Lembro-me de vós e dos passeios que nos proporcionastes pelo parque Monceau.

2. ─ E que dizeis do vosso camarada Charles?

─ Charles sente muito pesar por minha morte. Mas estou morto? Vejo, vivo, penso como antes, apenas não me posso tocar e não reconheço nada do que me cerca.

3. ─ Que vedes?

─ Vejo uma grande claridade; meus pés não tocam o solo; deslizo; sinto-me arrastado. Vejo figuras brilhantes e outras vestidas de branco; pressionam-me e me rodeiam; umas me sorriem, outras me metem medo com seus olhares negros.

4. ─ Vedes a vossa mãe?

─ Ah! Sim. Vejo minha mãe, minha irmã e meu irmão. Ei-los todos! Minha mãe chora muito. Gostaria de lhe falar como vos falo. Ela veria que não estou morto. Como fazer, então, para a consolar? Peço-vos que lhe faleis de mim. Gostaria também que dissésseis a Charles que vou me divertir vendo-o trabalhar.

5. ─ Vedes o vosso corpo?

─ Sim, eu vejo meu corpo deitado ali, todo duro. Contudo, não estou naquele buraco, pois me acho aqui.

6. ─ Onde estais, então?

─ Estou aqui, junto de vossa mesa, à direita. Acho engraçado que não me vejais, quando vos vejo tão bem!

7. ─ O que sentistes quando deixastes o corpo?

─ Não me lembro muito do que senti então. Eu tinha muita dor de cabeça e via uma porção de coisas ao meu redor. Estava entorpecido; queria mover-me e não podia; as mãos estavam molhadas de suor e percebia um grande trabalho em meu corpo; depois nada mais senti e despertei muito aliviado; não sofria mais e estava leve como uma pluma. Então me vi em meu leito, e contudo não estava nele; vi todo o grande movimento que faziam e fui para outra parte.

8. ─ Como soubestes que eu vos chamava?

─ Não me dou muita conta de tudo isto. Ouvi bem que há pouco me chamáveis e vim logo, porque, como eu dizia a Charles, não sois aborrecida. Adeus, senhora. Até à vista. Voltarei a vos falar, não?

TEXTOS RELACIONADOS

Mostrar itens relacionados
Aguarde, carregando...