Revista Espírita - Jornal de estudos psicológicos - 1862

Allan Kardec

Voltar ao Menu
Lê-se na mesma obra a passagem seguinte, citada como extraída de A chave da vida, página 751:

“A alma é de natureza luminosa divina. Tem a forma do ser humano que ela anima. Reside num espaço situado na substância cerebral mediana, que reúne os dois lóbulos do cérebro por sua base. No homem harmonioso e na unidade, a alma, diamante resplandecente, é adornada por uma branca coroa luminosa. É a coroa da harmonia.”

O que há de verdadeiro nessa proposição?

TEXTOS RELACIONADOS

Mostrar itens relacionados
Aguarde, carregando...