Revista Espírita - Jornal de estudos psicológicos - 1863

Allan Kardec

Voltar ao Menu
Pregados na Catedral de Metz, a 27, 28 e 29 de maio de 1863, pelo Rev. Pe. Letierce, da Companhia de Jesus, refutados por um espírita de Metz e precedidos de considerações sobre a loucura espírita.[1]

Posto não conheçamos pessoalmente o autor deste opúsculo, podemos dizer que é obra de um espírita esclarecido e sincero. Estamos contentes por ver a defesa do Espiritismo tomada por mãos hábeis, que sabem aliar a força do raciocínio à moderação, que é o apanágio da verdadeira força.

Os argumentos dos adversários aí são combatidos com uma lógica à qual não sabemos qual outra poderia ser oposta, porque só há uma lógica séria, aquela cujas deduções não deixam lugar a réplica, e achamos que a do autor está neste caso.

Sem dúvida, certo ou errado, sempre se pode replicar, pois há criaturas para as quais nunca se diz a última palavra, mesmo que se trate de lhes provar que há sol ao meio-dia. Mas não é com esses que se trata de ter razão. Pouco importa que eles estejam ou não convencidos de seu erro. Também não é a esses que a gente se dirige, mas ao público, juiz em última instância das causas boas ou más. Há no espírito das massas um bom-senso que pode falhar nos indivíduos isolados, mas cujo conjunto é como a resultante das forças intelectuais e do senso comum.

A brochura de que se trata, em nossa opinião, reúne as vantagens do fundo e da forma, isto é, à justeza do raciocínio alia a correção e a elegância do estilo, que jamais deterioram coisa alguma e tornam a leitura de qualquer escrito mais atraente e mais fácil. Não duvidamos que esse escrito seja acolhido por todos os espíritas com a simpatia que merece. Nós o recomendamos com toda a confiança e sem restrições. Contribuindo para a sua expansão, prestarão serviço à causa.



[1] Brochura in-12. Preço 1 franco; pelo correio 1,10 franco. Paris: Didier, Quai des Augustins, 35; Ledoyen: PalaisRoyal; Metz: Linden, Rua Pierre-Hardie, 1.


TEXTOS RELACIONADOS

Mostrar itens relacionados
Aguarde, carregando...