Catálogo racional de obras para se fundar uma biblioteca espírita

Allan Kardec

Voltar ao Menu
Romances

Em algumas das obras a seguir, a ideia espírita é dominante e serve de fundo ao tema; em outras, ela é apenas acessória e consiste na afirmação de certos fatos ou na emissão de pensamentos concordes com os princípios da Doutrina.

SÉRAPHITUS SÉRAPHITA. BALZAC. - No volume intitulado Louis Lambert. - 1 vol. in-18, 1 fr. 25 c.; pelo correio, 1 fr. 50 c. Paris, Michel Léry.

Tema fantástico cuja ação se passa na Noruega entre os adeptos de Swedenborg. Séraphitus Séraphita é um ser misterioso que pertence mais ao mundo espiritual do que ao mundo corporal e que toma alternadamente a aparência de homem ou de mulher. No fundo da obra está o desenvolvimento da ideia profundamente filosófica e de alta moralidade sobre o futuro do homem.

* Ursule Mirouet. - 1 vol. In-12, 1 fr. c.; pelo correio, 1 fr. 50 c. Paris, Michel Lévy. Tema baseado nos efeitos da dupla vista natural e da lucidez magnética.

ASSASSINATO DA PONTE VERMELHA (O), BARBARA (Charles). - 1 vol. in-18, 2 fr.; pelo correio, 2 fr. 50 c. Paris Hachette.

Idéia surpreendente e verdadeira do castigo pela reencarnação da vítima como folho do assassino. (Revista Espírita, janeiro de 1867, pág. 14.)

CABANÁ DO PAI TOMÁS (A).BEECHERSTOWE (Senhora), traduzido do inglês. - 1 vol., 1 fr.; pelo correio, 1 fr. 30 c. Paris, Hachette.

Afirmação do princípio da reencarnação como fonte dos pendores inatos. É notável que essa doutrina seja afirmada numa das obras mais populares dos Estados Unidos. (Revista Espírita, novembro de 1868, pág. 332.)

DUPLA VISTA (A). BERTHET (Élie). - 1 vol. in-12, 3 fr.; pelo correio, 3 fr. 50 c. Paris, Dentu.

Clarividência sonambúlica magnética e espontânea em ação, com detalhes que atestam perfeitos conhecimento das condições inerentes a essa faculdade e os abusos que dela se pode fazer. (Revista Espírita, novembro de 1865, pág. 360.)

LOUIS HUBERT. BONNEMÉRE (Eug.) - 1vol. in-18, 3 fr.; pelo correio, 3 fr. 50 c. Paris, Livraria internacional.

História de um pároco de aldeia e das tribulações que suas ideias avançadas e progressistas lhe suscitam. Essa obra faz parte das que foram escritas pelo jovem bretão em estado de mediunidade inconsciente. (Revista Espírita, julho de 1867, pág. 215.)

MAGA DOS ALPES (A). CHAVE (Clément de la). 1 vol. in-12, 2 fr.; pelo correio, 2 fr. 40 c. Paris, 1861, Havard.

ACENDEDOR DE LAMPIÕES (O).CUMMINS (Miss), traduzido do inglês. - 1 vol. in-12, 1 fr.; pelo correio, 1 fr. 30 c.Paris, Hachette.

Romance americano, deveras moral, em que a ideia da presença, entre nós, da influência e da proteção do Espírito daqueles a quem amamos é expressa com muita clareza.

JANE EYRE. CURRER BELL. (Miss), traduzido do inglês. - 2 vol. in-12, 2 fr.; pelo correio. 2 fr; 60 c. Paris, Hachette.

História de uma jovem órfã honesta e trabalhadora que triunfa sobre as vicissitudes da vida graças à sua coragem e perseverança. Aí se encontra a ideia da comunicação das almas entre vivos.

CONTOS DE NATAL. DICKENS, traduzindo do inglês. – 1 vol. in-12, 1 fr.; pelo correio, 1 fr. 50 c. paris, Hachette.

CONDESSA DE MONTE-CRISTO (A). DU BOYS. Romance-folhetim, publicado pela Petite Presse em maio de 1868, não editado em volume.

Relações com o mundo invisível, presença dos Espíritos à nossa volta. (Revista Espírita, maio de 1868, pág. 146.)

MADAME DE CHAMBLAY. DUMAS (Alexandre), - 2 vol. in-18, 2 fr.; pelo correio, 2 fr.; 50 c. Paris, Michel Lévy.

Afirmação do princípio da dupla vista, ou visão psíquica, espontânea e magnética; visão a distância e previsões.

LENDA DO HOMEM ETERNO (A). DURANTIN (Armand). - 1 vol. in-12, 3 fr. Pelo correio, 3 fr.. 80 c. Paris, Dentu.

Tema haurido evidentemente na Doutrina Espírita, considerada sob um ponto de vista sério, a despeito de alguns erros de princípio. (Revista Espírita, fevereiro de 1864, pág. 161.)

LOUCO YÉGOF (O).ERCKMANN-CHATRIAN. 1 vol. in-18, 3 fr.; pelos correios, 3 fr. 50 c. Bruschurs in-8 ilustrada, 1 fr. 35 c.; pelo correio, 1 fr. 75 c.

  • A Casa Florestal. 1 vol.in-18, 3 fr.;pelocorreio,3fr.50c. - Brochurailustrada,1fr. 35c.;pelo correio, 1 fr. 75 c.
  • Hugues, o Lobo (contos de la Montagne). - 1 vol. in-18, 3 fr.; pelo correio, 3 fr. 50 c. – Brochura in-8 ilustrada, 1 fr. 50 c.; pelo correio, 1 fr. 50 c Paris, Hetzel.
Essas três obras se baseiam em dados inteiramente espíritas; aí se encontram em ação os princípios da previsão das coisas pela visão a distância; a expiação pelo encontro dos culpados nas existências sucessivas, etc.

SPIRITE. GAUTIER (Théophile), - 1 vol. in-12, 3 fr. 50 c. Paris, Charpetier. (Revista Espírita, dezembro de 1865, pág. 360, e março de 1866, pág. 91.) * Avatar. - 1 vol. in-18, 1 fr. 50 c.; pelo correio, 1 fr. 75 c.

Avatar é uma palavra indiana que significa encarnação, transformação. O enredo desse romance fantástico está baseado na permutação, operada pela ciência de um velho médico, entre as almas de dois rivais vivos que, assim, tomam a aparência um do outro. O doutor, por sua vez, aproveita a ocasião para se apropriar do corpo do mais jovem, a fim de herdar sua própria ciência e prosseguir seus estudos com órgãos novos, que poderão durar mais tempo.

FALECIDO BRESSIER (O). KARR (Alphonse). - 1 vl. in-18, 1 fr.; pelo correio, 1 fr. 40 c. Paris, michel Lévy.

DUAS FILHAS DO SR. PLICHON (AS). LÉO (André). – 1 vol. in-18, 3 fr. Pelo correio, 3 fr. 50 c. Paris, Hachette.

Intriga fundada na diferença de caráter de duas irmãs, das quais uma é superficial e crédula, aceita sem exame todas as tradições; a outra, espírito sério, demonstra razão precoce. Sua equidade a faz revoltar-se contra os preconceitos sociais e as tradições religiosas que lhe parecem contrárias as leis da Natureza e da justiça. A solidez e a retidão do seu julgamento a fazem querida por um rapaz que diz: "Se, com toda minha fé, eu não acreditasse na imortalidade, eu a compreenderia através dela, esta alma tão sábia e tão pura desde o nascimento já viveu; pergunto-me apenas de que céu ela caiu". Esse romance, cujos caracteres são firmemente observados, foi escrito com pureza e transpira os mais honestos sentimentos.

LÍDIA OU RESSUREIÇÃO - TRILBY. NODIER (Charles). 1 vol. in-18, 3 fr. 50 c. Paris, charpentier.

Escrevendo essas duas encantadoras novelas, o autor tinha certamente a intuição da reencarnação e dos Espíritos familiares.

HISTÓRIAS EXTRAORDINÁRIAS. POE (Edgar). - 2 vol. in-18, 2 fr.; pelo correio, 2 fr. 50 c.l Paris, Michel Lévy.

O caráter fantástico da maior parte destas histórias tira-lhes qualquer probabilidade, mas nem por isso deixa de acusar um fundo de crença na pluralidade das existências e em certos fatos de ordem psicológica. As luzes trazidas pelo Espiritismo sobre os fenômenos deste gênero permitem separar o possível do lendário.

ROBSINSON CRUSOÉ, por DANIEL DE FOE. - Edição completa, 2 vol. in-12, 2 fr. 50 c. Paris, Ducros.

* Reflexões de Robinson; 3º volume das Viagens Imaginárias, traduzido do inglês Amsterdã, 1787. (Raro.) Esta última obra é continuidade da primeira, é Robinson isolado, refletindo sobre as aventuras da sua vida e daí tirando conclusões de elevado alcance filosófico. Encontra-se em ambos os livros a afirmação da maior parte dos princípios do Espiritismo: reencarnação, relação dos Espíritos pela inspiração, etc. (Revista Espírita, março e setembro de 1867, págs. 74 e 279.)

A SEGUNDA VIDA. SAINTINE (Xavier). - 1 vol. 9. in-8, 3 fr.; pelo correio, 3 fr. 50 c. Paris, Hachette.

Narrativa de fatos psicológicos baseados nas relações dos homens com os seres do mundo invisível, alguns dos quais são pessoais ao autor.

CALLIRHOE. SAND (Maurice). - 1 vol. in-18, 3 fr.; pelo correio, 3 fr. 50 c. Paris, Michel Lévy.

Intriga inteiramente fundada sobre a reencarnação, mas levada além dos limites do possível constatado pela experiência, beirando o fantástico.

CONSUELO, SAND (senhora George). 3 vol. in-18, 3 fr.; pelo correio, 3 fr. 75 c. Paris, Michel Lévy.

  • A Condessa de Rudolstadt. - 2 vol. in-18,2 fr.; pelo correio, 2 fr. 50c.
  • Spiridion - 1 vol. in-18, 3 fr.; pelo correio, 3 fr. 50c.
  • Senhorita de la Quintinie. 1 vol. in-18, 3 fr.; pelo correio, 3 fr. 50 c.
  • O pecado do Sr. Antonio. - 2 vol. in-18, 2 fr.; pelo correio, 2 fr. 50 c.
Essas duas obras são continuação da outra. A reencarnação representa o papel principal em condições um pouco exageradas. Detalhes muito interessantes sobre os hussitas da Boêmia e franco-maçonaria.

Esse livro não é um romance propriamente dito, pois nele a trama é quase nula. É um quadro para descrever os abusos da vida monástica, as peripécias e angústias de um crente conduzido à dúvida e à incredulidade e a emissão de uma doutrina religiosa em relação às ideias da época. As comunicações entre os mortos e vivos, pela visão, audição e inspiração aí ocupam lugar considerável e esses diferentes fenômenos são descritos com realidade.

Entre as obras da mesma autora em que é possível encontrar pensamentos espíritas, podemos citar:

MIRETA. SAUVAGE (Élie). 1867. - 1 vol. in18, 3 fr. Pelo Correio, 3 fr. 50 c.

Narrativa simples, ingênua, de grande interesse, em que tudo é natural e verossímil; não há situações romanescas, mas cenas enternecedoras, pensamentos elevados, caracteres traçados conforme a Natureza. Livro essencialmente moral, cujos elementos foram hauridos na filosofia espírita, sendo conveniente à juventude de ambos os sexos. (Revista Espírita, fevereiro de 1867, pág. 59.)

NOVOS MISTÉRIOS DE PARIS, SCHOLL (Aurélien). (Revista Espírita, janeiro de 1867, pág.

15.) Publicado em folhetim, não editado em volume.

MAGNETIZADOR (O). SOULIÉ (Frédéric0. - 1 vol. in-18, 1 fr.; pelo correio, Michel Lévy.

GILBERT E GILBERTE. SUE (Eugene) 1vol. in-18, 3 fr.; pelo correio, 3 fr. 50 c. Paris, Michel Lévy.

Dois jovens esposos, inspirados por um gênio superior, experimentam sucessivamente as diversas posições sociais: fortuna, glória, nascimento, etc. Tema interessante; consequências bastante morais.

* Memórias de um Marido, por FERNAND DUPLESSIS - 3 vol.n-18, 3 fr.; pelo correio, 3 fr. 50 c. Paris, Livraria Internacional. (Revista Espírita, setembro de 1868, pág. 268.)

Os pensamentos espíritas emitidos nessa última obra não são o produto da imaginação de um romancista, mas a narrativa verídicados sentimentos produzidos no momento supremo, na família de um convencional, pela crença na reencarnação, numa época na qual essa doutrina ainda não havia sido formulada.

TEXTOS RELACIONADOS

Mostrar itens relacionados
Aguarde, carregando...